FANDOM


DKCR - Logo

Titulo do Jogo

Donkey Kong Country Returns é um jogo de plataforma desenvolvido pela Retro Studios, lançado pela Nintendo para o console Wii, em 21 novembro de 2010. Trata-se da série tradicional, sendo que é o primeiro jogo para console de mesa desde Donkey Kong: Jungle Beat e também o primeiro Donkey Kong Country a não envolver a Rare durante o desenvolvimento. A versão para Nintendo 3DS lançou com algumas novidades a mais no dia 24/05/13.

SinopseEditar

Na Ilha DK, os Kongs cuidavam de sua vida quando uma misteriosa erupção vulcânica acontece fazendo surgir no topo uma fortaleza e 7 entidades do mal com o nome de Tikis sob o comando do chefe da Tribo Tiki Tak chamado Tiki Tong. A tribo hipnotiza todos os animais da ilha e ordena roubar toda a Horda de Bananas, mas na hora que Donkey Kong fica furioso, um Tiki chamado Kalimba Tiki aparece pra hipnotiza-lo, com tantas tentativas logo percebe que os Kongs são imunes ao poder dos Tikis. Mostrando fora da casa da árvore, Kalimba apanha de DK inúmeras vezes ate ser lançado pra fora e encontra Diddy Kong novamente preso no Barril DK e percebe que desta vez os inimigos são mais ameaçadores que a Kremling Krew. Na Selva eles enfrentam Kalimba Tiki sendo que este hipnotiza Mugly sendo que é derrotado. Na Praia o trio de Tikis chamados Maracas Tiki hipnotizam o trio de caranguejos piratas, porém os mesmos fracassam. Nas Ruinas o Tiki chamado Gong Tiki coloca um ovo dentro de um vaso fazendo renascer o Stu até ser derrotado. Na Caverna quando as Toupeiras Mineiras estão levando todas bananas em um trem, Ukelele Tiki hipnotiza o líder da Patrulha Toupeira chamado Max ate o trem ser danificado e parar perto do abismo que é o fim da linha. Na Floresta, mais um Tiki chamado Panflute Tiki convoca uma criatura vegetal chamada Mangoruby, com a mistura de batalha com perseguição DK & Diddy destroem seu corpo até sobrar a cabeça. No meio dos fosseis do Penhasco, o Tiki chamado Xylophone Tiki convoca uma criatura parecida com o Mugly chamado Thugly só que é muito poderoso até ser neutralizado pelos Kongs. Nos restos da Fábrica dos Kremlings usada pela tribo, foi descoberto que as bananas são usadas pra criar um exercito de Tikis sob o auxilio do Coronel Pluck sendo que este é controlado pelo Accordion Tiki até ser derrotado. Já no topo do Vulcão o vilão Tiki Tong prepara uma arma secreta e os 7 Tikis se transformam nas duas mãos, primeiro os Kongs destroem as duas mãos e depois o Tong por inteiro. A história acaba com os 2 Kongs indo pra lua, DK faz a lua cair em cima da fortaleza de Tiki Tong e começa uma erupção jorrando bananas. No final, todos os animais que foram hipnotizados pela Tribo Tiki Tak comemoram a vitoria.

JogabilidadeEditar

Jogadores assumem o controle de Donkey Kong e Diddy Kong, com muitos elementos tradicionais da série Donkey Kong Country, incluindo os níveis de Vagões, balançando de cipós a vinhas, e coletando bananas. Haverá também níveis, com o personagens, ambientes e Silhuetas que aparecem no primeiro plano gerando diversas novidades do jogo. O modo multijogador permite aos jogadores controlar simultaneamente um personagem cada. Ambos os personagens têm dois hits cada, mas se um jogador morre em dois jogadores modo, ele pode ser trazido de volta ao acertar um Barril DK que flutua num balão sendo semelhante ao New Super Mario Bros Wii. Para evitar problemas decorrentes de diferenças nas habilidades do jogador, Diddy pode ficar nas costas de DK usando seu jato para fazer seu parceiro salta facilmente. Como no DKC, Donkey Kong pode dar o soco no chão para derrotar os inimigos e descobrir itens secretos. O jogo terá dois esquemas de controle, com o sistema padrão usando o Wii Remote em conjunto com o Nunchuk, bem como uma clássica abordagem mais empregam o Wii Remote realizada para os lados, tanto dos que utilizam controle de movimento para a terra da libra Donkey movimento. Também haverá jogabilidade com DK/Diddy montando no rinoceronte Rambi, o rinoceronte. Além de elementos de série comum como desbloquear segredos e também há um modo de ataque por tempo.

DesenvolvimentoEditar

O Desenvolvimento de Donkey Kong Country Returns começou em abril de 2008, logo após uma parte do pessoal-chave da Retro Studios ter deixado a empresa. Na época, Shigeru Miyamoto queria criar um novo jogo de Donkey Kong e em seu pedido, o produtor Kensuke Tanabe recomendado Michael Kelbaugh (o CEO da Retro Studios) que já havia trabalhado na série DKC enquanto ele estava empregado na Nintendo of America. Satoru Iwata frequentemente referido neste turno de eventos como "destino" em suas reuniões com Retro Studios, razão pela qual sugeriu que o projeto Kelbaugh codinome homófonas F8. Semelhante ao New Super Mario Bros., o jogo foi desenvolvido com a intenção de invocar sentimentos nostálgicos em que o jogador com o seu estilo de arte e som, ao tentar proporcionar-lhes experiências de jogo novo. Embora Miyamoto inicialmente se opôs à ideia em simultâneo – jogo de dois jogadores foi executado, ao contrário da equipe do sistema de marca da série original. Primeiro revelado na E3 2010, o jogo emprega totalmente poligonal gráficos 3D com três vezes a quantidade de texturas e polígonos que Metroid Prime 3: Corruption oferecidos. Ao longo de seis meses, dois terços do jogo de ferramentas e motor teve que ser reescrito pelos programadores, a animação e colisão sistemas de estar sujeito à maior parte das mudanças. Retro Studios fez alguns experimentos com níveis subaquáticos, embora eles se sentiram muito lento e inconveniente para o jogo em geral e acabaram omitido.

MundosEditar

PersonagensEditar

KongsEditar

AnimaisEditar

InimigosEditar

TikisEditar

HabitantesEditar

OponentesEditar

ItensEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.